Follow by Email

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Happy Birthday Johnny!!!

  Hoje, dia 9 de junho, é um dia mais que especial, pois é o dia em que o “muso” deste blog, Johnny Depp, completa 48 aninhos. E claro, não podíamos deixar de homenageá-lo.


Johnny baby
  Tudo começou quando em, 9 de junho de 1963, John Christopher Depp e Betty Sue Palmer nos presentearam com quem viria a ser um dos melhores, quiçá o melhor ator que o cinema já teve o prazer de abrigar.
  John Christopher Depp II (Johnny) é dono de uma história mais que admirável, pois viveu intensamente e, não somente, passou por cada fase de sua vida, indo contra todas as regras e padrões pré-estabelecidos.


  Com sangue alemão, irlandês e Cherokees circulando em suas veias, Johnny vivia se mudando de casa por causa de sua mãe, isso o deixou com trauma de fazer malas, por volta dos dezesseis anos ele largou a escola e um pouco antes, seu pais se separaram. Ele foi criado desde então pela mãe Betty Sue. Aliás, o nome dela é uma das tattos que Johnny tem em um dos braços. Ao todo, são 14 tatuagens, cada uma com uma história bem definida, mas isso é um post inteiro. (irei fazê-lo)
  Quando largou a escola, Johnny se trancou no quarto para aprender a tocar guitarra. E aprendeu! Sozinho!!! Desde então ele teve várias bandas de garagem, até a que finalmente deu certo, "The Kids". Com ela, Johnny, sua guitarra e seus companheiros abriram shows para Iggy Pop. Quer ouvi-lo? Ouça “Fade in-out” do Oasis, no cd "Be Here Now", que ele gravou em 1997 (não me canso de ouvir).


em " A Hora do pesadelo"
  O sonho de Johnny nunca foi ser ator, ele queria mesmo é ser músico, sempre quis, mas tudo mudou quando ele foi apresentado, por sua então esposa, ao “anjo” Nicolas Cage, que o aconselhou a fazer alguns testes para atuar no cinema e Johnny só topou para faturar uma renda extra. Então em 1984, Johnny Depp, finalmente, estréia nas telonas com o clássico Thriller “A Hora do Pesadelo”, (medo...)
banda "The Kids"

  Um ano depois ele divertiu o público com a comédia “Férias do Barulho” (1985) com quem faturou bastante, Johnny aparece nú nesse filme (*.*), desde então Johnny percebeu que tinha de dar mais atenção a sua carreira e cursou interpretação no conceituado Loft Studio, em Nova Iorque. Naquele ano, o casamento com Lori acabou assim como sua participação na banda The Kids, que deixou de existir, lógico!

em "Platoon"
  Depois disso veio “Queimando-se Lentamente”, filme feito para TV a cabo que o desanimou um pouco em relação a sua carreira no cinema até que recuperou o fôlego em 1986 com o premiado “Platoon”, que não deu tanto destaque para Johnny, mas ser dirigido por Oliver Stone foi a melhor parte para ele. Nesse ano a atriz Sherilyn Fenn era sua namorada.







em "Anjos da Lei"
  Graças ao esforço de seu agente em convencê-lo, Johnny protagonizou o clássico seriado “Anjos da Lei”(1987). A série que contava a história de jovens policiais infiltrados entre adolescentes, virou hit e fez Johnny virar sonho de consumo de milhares de meninas. A imprensa o perseguia em todo lugar, o que o tornava centro de muitas fofocas. Justo ele que sempre quis ficar longe dos holofotes e nunca escondeu seu desprezo por Hollywood. A série durou 5 temporadas mas não contou com Johnny na última.
  Virar símbolo sexual não agradava a Johnny e tão pouco o título de “ídolo teen” era o que ele queria para si. Estrelar “Cry-Baby” foi sua tentativa de se livrar destes rótulos. Seu personagem, Wade Walker fazia uma crítica irônica aos ídolos juvenis. Porém Cry-Baby teve uma importância ainda maior na vida e na carreira de Johnny, pois foi esse longa que convenceu seu futuro amigo e companheiro de trabalho, Tim Burton de que ele ficaria bem para o papel do protagonista de seu próximo filme.


em "Eduard - Mãos de Tesoura"
  Foi então que em 1990 surge o clássico “Eduard, Mãos de Tesoura”, um dos filmes mais importantes de sua carreira.
  Foi neste longa em que conheceu Winona Ryder (se fez parte da vida dele tem que estar aqui. Fazer o que?) os dois permaneceram juntos por 4 anos, nesse período Johnny tatuou o nome dela no seu braço direito. Depois que os dois, finalmente, se separaram, a tatuagem “Winona Forever” (Winona para sempre) virou “Wino Forever” (bebum para sempre).
  Em 1991, Johnny topou filmar “A Hora do Pesadelo 6, o pesadelo final: A Morte de Fred” (que título hein?). A participação é bem pequena e o nome dele nem consta nos créditos. (aff)



  Depois disso vieram:
“Arizona Dream – Um sonho Americano” (1993)
“Benny e Joon – Corações em conflito” (1993)



em "Gilbert Grape - Aprendiz de Sonhador"
  Em 1993, Johnny estrela ao lado do, então moleque, Leonardo de Caprio “Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador”, foi durante essas filmagens que o romance com Ryder chegou ao fim. Ela o magoou tanto que Johnny nem conseguiu assistir ao próprio filme daquele ano. Ele mesmo admitiu que não estava em seu melhor momento, no mesmo período quando um grande astro de Hollywood morreu de overdose em um famoso clube em que Johnny era sócio, ele foi acusado de vender drogas, mas nada ficou comprovado e Johnny permaneceu sócio até 2004.
 Em “Ed Wood” (1994), Johnny usou casaco de pele e brincões. Seu personagem, um diretor de cinema excêntrico, gostava de se vestir de mulher. A modelo Kate Moss, sua namorada na época até se divertiu com a personagem do namorado.


  Na seqüência vieram os longas:
“Don Juan DeMarco” (1995)
“Ded Man” (1995)
“Tempo esgotado” (1995)
“O Bravo” (1997)

Johnny e familia

  Em 1998 Johnny filmou “Medo e Delírio” e “Absolutamente Los Angeles”, no mesmo ano em um saguão de hotel na França, durante as filmagens de “O Último Portal” lançado em 1999, mesmo ano de lançamento de “Enigma do espaço”, Johnny conheceu a cantora-atriz Vanessa Paradis, com quem vive junto até hoje. Os dois não se casaram, mas a união redeu os filhotes Lily-Rose Melody e o caçulinha Jack, os nomes são uma Homenagem de Johnny ao filme “A Lenda”, os protagonistas do filme tinham os nomes que Johnny atribuiu aos filhos, Jack é protagonizado por Tom Cruise, que, aliás, deve a Johnny o seu papel em “Entrevista com o Vampiro”. Como assim?

  É que Johnny recusou muitos papeis importantes da história do cinema, como o do vampiro Lestat de Lioncourt, interpretado por Cruise.
Outro grande papel que Johnny recusou foi o de Jack Traven de “Velocidade Máxima” entregue a Keanu Reeves. Além dos que ficaram para Brad Pitt em “Lendas da Paixão” e, acreditem, Leonardo di Caprio em Titanic. (uau!)



  Durante as filmagem de “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça”, Johnny foi preso em Londres por ameaçar um grupo de paparazzi quando saía de um restaurante, em 2009 Johnny foi acertado com uma câmera fotográfica enquanto um paparazzi tentava fotografá-lo a força. Ele também foi preso por quebrar um quarto de hotel em Nova Iorque. (a paciência dele como a de qualquer um também tem limites).





  Logo que começou a aparecer em capas de revistas Johnny foi considerado um dos homens mais mal vestidos do planeta, inclusive liderou por anos os rankings das celebridades mais mal vertidas, Johnny nunca se importou com isso e continuou se vestindo a sua maneira. A opinião da mídia e de muitas pessoas mudou curiosamente e antes o que era “a celebridade mais mal vestida” passou a ser “estilo mendigo chique”, é como seu look é denominado hoje em dia. (A hipocrisia parece ser uma das coisas imutáveis no mundo).

  Dinheiro não traz felicidade, mas dá pra comprar umas coisinhas! Johnny que o diga: ele tem duas casas, uma em Los Angeles e outra na França, além de outras pequenas propriedades, em relação as principais, é claro! E como se não bastasse o gato ainda é dono de uma Ilha nas Bahamas. (Aiai...)

  Em 2000, Johnny filmou “Chocolate”, o longa recebeu 5 indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme, além de 4 indicações ao Globo de Ouro.
Na seqüência de filmes vieram:
“Do Inferno” (2001)
“Profissão de Risco” (2001) ( primeiro trabalho com Penélope Cruz)
“Era uma Vez no México” (2003)


  Voltando a falar de Oscar, a Academia até hoje não reconheceu o talento de Johnny e só em 2003 indicou, pela primeira vez,  o talentoso ao Oscar de melhor ator, por sua brilhante e inesquecível atuação em “Piratas do Caribe – A Maldição do Pérola Negra” depois disso Johnny recebeu mais duas indicações, uma por seu emocionante e tocante James Barry de “Em Busca da Terra do Nunca”(2005) e outra por seu impecável Sweeney Todd de "Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet".
  
  O Globo de Ouro foi mais grato e indicou Johhny 10 vezes ao prêmio, ele  venceu 1 na categoria de Melhor Ator Comédia/Musical, por "Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da rua Fleet".


  Ele também foi indicado por :
Edward Mãos-de-Tesoura
Benny & Joon - Corações em Conflito
Ed Wood
A Fantástica Fábrica de Chocolate 
Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra
Piratas do Caribe: O Baú da Morte
Em Busca da Terra do Nunca
O Turista e
Alice no Pais das Maravilhas
(Viva o Globo de Ouro!!! \o/)


  Em 2004 veio “Em Busca da Terra do Nunca”, “A Janela Secreta” e “O Libertino”, papel mais ousado do grande ator(oO).


Johnny e Tim

  2005 foi o ano dedicado a dupla imbatível, “Johnny-Tim”, os dois juntos fizeram o delicado e emocionante “A Noiva Cadáver” e o cômico e singular “A Fantástica Fábrica de Chocolate”. Os talentosos rapazes também foram responsáveis por:

Edward - Mãos de Tesoura
Ed Wood
A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça
Sweeney Todd e
Alice no País das Maravilhas



 Também em 2005, mas precisamente em 18 de setembro, Johnny foi imortalizado ao receber sua estrela na calçada da fama. Ela está localizada em 7020 Hollywood Boulevard.

em "Piratas do Caribe"

  Em 2006, Johnny volta na pele do clássico e amado Capitão Jack Sparrow, em “Piratas do Caribe: O Baú da Morte” e um ano depois estréia “Piratas do Caribe: No Fim do Mundo”, os dois filmes foram filmados juntos, porém lançados um ano depois do outro.
  Em 2008 Johnny participou do seu primeiro documentário “Gonzo: The Life and Work of Dr. Hunter S. Thompson” como narrador. E em 2009 filmou “Inimigos Públicos”, “O Imaginário do Dr. Parnassus”, onde fez uma pequena participação por amizade ao recente falecido amigo, Heath Ledger . além de fazer a voz de  “Bob Esponja Calça Quadrada”, no Filme de mesmo nome.


  Em 2010, Johnny filma, o tão sonhado, “O Diário de Um Jornalista Bêbado”, o longa planejado por ele desde 2007, tem previsão de estréia para final deste ano, ele também participa de seu segundo documentário como Narrador, When You're Strange: Um Filme Sobre The Doors", na seqüência veio o, mais que lindo, emocionante, criativo e singular “Alice no País das Maravilhas”.
2011 foi o ano de “O Turista”, com quem filmou ao lado de Angelina Jolie, “ Rango”, do mesmo diretor de “Piratas” e “Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas”, onde reencontra Penélope Cruz.


  Para o ano de 2012 Johnny prepara grandes presentes para nós, como “O Cavaleiro Solitário”, “A Ceia dos Acusados”, “Hugo Cabret”, finalmente “O Diário de um Jornalista Bêbado” e o mais esperado, por mim, “Dark Shadows”, mais uma obra da dupla “Johnny-Tim”
É obvio que a vida de Johnny Depp foi infinitamente mais do que isso e muito ainda está por vim, mas essa foi só a forma que eu encontrei para homenageá-lo.

  48 anos de idade, cara de 30, espírito de 10 e história de 1000, esse é Johnny Depp, o Ator-Músico-Diretor que ao ser diferente de tudo e de todos fez parte da minha vida de uma maneira tão significativa que eu me sinto ligada a ele da mesma forma que o significado a palavra, o que ele representa para mim, eu jamais poderei traduzir em um post, por mais especial que ele seja. Mas talvez eu consiga traduzir em uma única frase:
Johnny, Eu te Amo!!!  





2 comentários:

  1. Nossa mana, uma noite sem dormir que valeu a pena, heim... Ficou ótima essa!

    ResponderExcluir
  2. oOo.... OBRIGADA!
    *.* todos os posts eu faço com o coração, mas esse, é claro, teve um sentido todo especial, pois foi feito para o dono dele,♡.

    ResponderExcluir